Explicando o Triplo Árvore de Bandópolis

Três decks de A Árvore de Bandópolis foram responsáveis pela minha melhor performance em Top 32 de Sazonais. Na minha quarta participação, tive a felicidade de ser o vice-campeão do torneio, vencido pelo Elder Senior, jogador da Ninetails. Minha exótica composição baseada no monumento foi um risco calculado que se mostrou mais efetivo do que eu esperava. Por isso, vou explicar todo o processo, teórico e prático, que me levou até àquela decisão de levar o chamado Triplo Árvore. 

Durante as rodadas abertas, eu havia usado um deck de A Árvore de Bandópolis porque ele combinava muito bem com Patrulheiros e Shyvana Pantheon. Com essa composição eu abri 7-0 e pude perder as duas partidas finais sem preocupação porque já havia garantido minha classificação. Após isso, eu conferi os desempenhos dos meus três baralhos e a estratégia focada no monumento havia sido a mais eficiente, ainda mais por ter sido a mais exigida.

Ter adotado o deck de A Árvore de Bandópolis foi um misto de intuição, conforto e escolha estratégica. Adotar três cópias dele para o Top 32 também teve um pouco de tudo isso, mas uma dose cavalar de maluquice. Apesar de já ter utilizado essa composição anteriormente no Arenas de Runeterra, o meta era diferente, meu estudo precisava ser muito maior e não poderia treinar de forma alguma com os baralhos porque minha tática iria por água abaixo se o conceito vazasse. Logo, era acreditar na teoria e tentar fazer o meu melhor nos confrontos eliminatórios.

Meus decks do Top 32

Kennen Poppy
Bandópolis
Freljord
0
1
2
3
4
5
6
7+
23 600
champion
4
epic
6
rare
7
common
23
Campeões
4

1

Kennen

x2

4

Poppy

x2

Monumentos
3

5

A Árvore de Bandópolis

x3

Seguidores
20

1

Poro Solitário

x2

2

Arqueiro do Vale de Gelo

x2

2

Gêmeos Bombardeiros

x2

2

Resmunguesma

x2

2

Tropa

x2

3

Mandante da Arena

x1

3

Prefeito de Bandópolis

x3

3

Telescópio Errante

x3

4

Viajantes Aborrecidos

x3

Feitiços
13

1

Foto da Galera

x3

2

Graveto Pontudo

x3

4

Tiro Destruidor

x3

5

Yordles Unidos

x1

6

Minimorfo

x3

17 de maio de 2022
runescola.com.br

Mono TF
Águas de Sentina
Bandópolis
0
1
2
3
4
5
6
7+
22 400
champion
3
epic
7
rare
10
common
20
Campeões
3

4

Twisted Fate

x3

Monumentos
3

5

A Árvore de Bandópolis

x3

Seguidores
21

1

Poro Primitivo

x1

2

Gêmeos Bombardeiros

x2

2

Soldada de Bandópolis

x2

2

Tropa

x2

2

Vigia Marai

x3

3

Mandante da Arena

x1

3

Prefeito de Bandópolis

x3

3

Telescópio Errante

x3

4

Viajantes Aborrecidos

x3

6

Desbravador Yordle

x1

Feitiços
13

1

Foto da Galera

x3

2

Graveto Pontudo

x3

4

Tiro Destruidor

x3

5

Yordles Unidos

x1

6

Minimorfo

x3

17 de maio de 2022
runescola.com.br

Fizz Lulu
Noxus
Bandópolis
0
1
2
3
4
5
6
7+
25 100
champion
4
epic
7
rare
9
common
20
Campeões
4

1

Fizz

x2

3

Lulu

x2

Monumentos
3

5

A Árvore de Bandópolis

x3

Seguidores
18

1

Poro Primitivo

x1

2

Aranha Doméstica

x3

2

Gêmeos Bombardeiros

x2

3

Prefeito de Bandópolis

x3

3

Telescópio Errante

x3

3

Vigia Aracnídea

x2

4

Viajantes Aborrecidos

x3

6

Desbravador Yordle

x1

Feitiços
15

1

Bando Voraz

x2

1

Foto da Galera

x3

2

Graveto Pontudo

x3

4

Tiro Destruidor

x3

5

Yordles Unidos

x1

6

Minimorfo

x3

17 de maio de 2022
runescola.com.br
Teoria e prática

O princípio básico para chegar ao Triplo A Árvore de Bandópolis foi analisar todos os jogadores que estavam no meu lado do chaveamento, assim eu teria noção do que eles usaram nas rodadas abertas, estilo de jogo deles e o quão arriscada a estratégia poderia ser. Sabendo que Maitri era meu primeiro oponente e que posteriormente teria Random7HS ou Damian como possíveis adversários, analisei os três jogadores e percebi que era totalmente viável minha estratégia inusitada porque todos eles são acostumados com decks lentos ou com dificuldades de lidar com a proposta do monumento de Bandópolis.

Com a composição decidida, eu precisava montar as três de uma forma que nenhum dos decks ficasse horrível e ainda encontrar os números ideais para que todas as regiões tivessem a quantia ideal de cartas dentro do deck. Separei os campeões de maneira coerente entre as listas (Kennen Poppy com Freljord, Lulu Fizz com Noxus e Mono Twisted Fate). Com isso, o primeiro baralho teria os melhores campeões, o segundo tinha as melhores remoções e o terceiro possuía o campeão mais versátil.

A partir desse ponto, eu precisava entender o que era obrigatório ter nos três decks para eles se tornarem uniformes. Aranha Doméstica, Poro Solitário e Vigia Marai seriam as unidades que geram dois corpos na mesa com possibilidade de garantir duas regiões para o monumento; Twisted Fate, Vigia Aracnídea e Arqueiro do Vale de Gelo garantiriam tempo para encontrar meu letal; Yordles Unidos seria uma forma única de condição de vitória e que se mostrou muito boa nas partidas versus Patrulheiros. 

Lista atual para ranqueada
Árvore de Bandópolis
Noxus
Bandópolis
0
1
2
3
4
5
6
7+
29 400
champion
6
epic
6
rare
7
common
21
Campeões
6

1

Kennen

x1

4

Gnar

x3

4

Poppy

x2

Monumentos
3

5

A Árvore de Bandópolis

x3

Seguidores
17

2

Aranha Doméstica

x3

2

Gêmeos Bombardeiros

x2

2

Resmunguesma

x2

3

Prefeito de Bandópolis

x3

3

Telescópio Errante

x3

3

Vigia Aracnídea

x2

4

Viajantes Aborrecidos

x2

Feitiços
14

1

Bando Voraz

x1

1

Foto da Galera

x3

2

Graveto Pontudo

x3

3

Terra Abrasada

x1

4

Tiro Destruidor

x3

6

Minimorfo

x3

17 de maio de 2022
runescola.com.br
Dicas Complementares
  • Triplo Árvore é mais forte em torneios que você conhece todos os jogadores porque dá para ter uma leitura mais precisa do que espera enfrentar;
  • Senna Veigar e Zoe Lee Sin são os confrontos mais favoráveis, mas é preciso identificar como vai pressionar o adversário, se defender dos campeões e uma possível condição de vitória alternativa caso o monumento não apareça;
  • Gnar e Vovô Feérico melhoraram muito a composição;
  • É necessário usar Terra Abrasada na versão com Noxus por causa da popularidade atual do arquétipo;
  • Unidades multirregionais de custo menor que campeões da mesma combinação são mais importantes para o funcionamento do deck. Por exemplo, Gêmeos Bombardeiros e até mesmo o Mandante da Arena são melhores do que Ziggs e Rumble, respectivamente;
  • Toda carta selecionada com Manifestar é muito importante, seja para conseguir se salvar de uma situação complicada ou encontrar a região ausente da Árvore;
  • Mais importante do que ficar preocupado em colocar as dez regiões na mesa, o jogador precisa identificar como pode atacar e defender o oponente, assim tornando o monumento um fator determinante nas partidas que ele é o grande diferencial;
  • Faça a A Árvore de Bandópolis nos turnos em que não há punição para desenvolver algo que não impacta a partida imediatamente.
Composição de Triplo Árvore atualizada
Fizz Lulu
Noxus
Bandópolis
0
1
2
3
4
5
6
7+
24 900
champion
4
epic
7
rare
8
common
21
Campeões
4

1

Fizz

x2

3

Lulu

x2

Monumentos
3

5

A Árvore de Bandópolis

x3

Seguidores
18

1

Poro Primitivo

x1

2

Aranha Doméstica

x3

2

Gêmeos Bombardeiros

x2

3

Prefeito de Bandópolis

x3

3

Telescópio Errante

x3

3

Vigia Aracnídea

x2

4

Viajantes Aborrecidos

x3

6

Desbravador Yordle

x1

Feitiços
15

1

Bando Voraz

x1

1

Foto da Galera

x3

2

Graveto Pontudo

x3

3

Terra Abrasada

x1

4

Tiro Destruidor

x3

5

Yordles Unidos

x1

6

Minimorfo

x3

17 de maio de 2022
runescola.com.br
Gnar TF
Águas de Sentina
Bandópolis
0
1
2
3
4
5
6
7+
28 600
champion
5
epic
7
rare
12
common
16
Campeões
5

4

Gnar

x3

4

Twisted Fate

x2

Monumentos
3

5

A Árvore de Bandópolis

x3

Seguidores
19

2

Gêmeos Bombardeiros

x2

2

Tropa

x2

2

Vigia Marai

x3

2

Vovô Feérico

x2

3

Mandante da Arena

x1

3

Prefeito de Bandópolis

x3

3

Telescópio Errante

x3

4

Viajantes Aborrecidos

x2

6

Desbravador Yordle

x1

Feitiços
13

1

Foto da Galera

x3

2

Graveto Pontudo

x3

4

Tiro Destruidor

x3

5

Yordles Unidos

x1

6

Minimorfo

x3

17 de maio de 2022
runescola.com.br
Kennen Poppy
Bandópolis
Freljord
0
1
2
3
4
5
6
7+
23 600
champion
4
epic
6
rare
7
common
23
Campeões
4

1

Kennen

x2

4

Poppy

x2

Monumentos
3

5

A Árvore de Bandópolis

x3

Seguidores
20

1

Poro Solitário

x2

2

Arqueiro do Vale de Gelo

x2

2

Gêmeos Bombardeiros

x2

2

Resmunguesma

x2

2

Tropa

x2

3

Mandante da Arena

x1

3

Prefeito de Bandópolis

x3

3

Telescópio Errante

x3

4

Viajantes Aborrecidos

x3

Feitiços
13

1

Foto da Galera

x3

2

Graveto Pontudo

x3

4

Tiro Destruidor

x3

5

Yordles Unidos

x1

6

Minimorfo

x3

17 de maio de 2022
runescola.com.br

A composição de Triplo Árvore está longe de ser excelente, ainda mais num metagame que está tão aberto por causa das experimentações referentes à expansão Uma Jornada Curiosa. Entretanto, é uma estratégia sólida caso o jogador esteja muito acostumado com as cartas que fazem parte da proposta, assim ele tem três baralhos bons contra seu adversário. Caso decks lentos se consolidem, a line se torna melhor. Mas enquanto Gnar é o queridinho do metagame, você tem Tiro Destruidor sempre disponível para eliminar a principal ameaça adversária.

Confira abaixo também o vídeo guia, baseado neste artigo, sobre o deck de Árvore de Bandópolis: